Mais!

Desde o advento da era industrial, nos descobrimos uma palavra incrível para tudo: “mais”. Realmente sempre funcionou. Quando nossas ruas ficaram cheias, nós contruímos mais ruas. Quando nossas cidades ficaram inseguras, nós contratamos mais policiais e compramos mais carros de polícia.

Esse é a introdução de um dos capítulos do livro que eu estou lendo atualmente, Information Anxiety, que fala sobre como viver em um mundo onde não temos tempo para absorver todos os dados que são atirados contra nós.

O que eu achei interessante é como essa frase pode ser aplicada em diferentes áreas, de policias, conforme citado acima, a desenvolvimento de software.

E é surpreendente quantas pessoas que trabalham nesse campo ainda acreditam que um projeto de software atrasado pode ser solucionado com uma simples medida: colocando-se mais pessoas no time.

É tão atraente que ninguém acredita que essa medida possa dar errado, e acabam esquecendo de alguns pequenos detalhes, como:

  • tempo que leva para novos desenvolvedores entenderem o projeto e o seu domínio
  • tempo que leva para novo desenvolvedores conhecerem as pessoas que estão no projeto
  • o problema criado na comunicação do time com a adição de novos nodos

E freqüentemente as pessoas responsáveis por medidas como essa esquecem de olharem para o seu time para realmente tentar entender as causas raiz dos problemas que estão acontecendo em uma maneira anti-genchi-genbutsu de resolver problemas.

Em um projeto do qual participei recentemente, 4 pessoas foram adicionadas a um time de 3 pares, tentando aumentar a velocidade que o time estava entregando. Não se precisa dizer que na primeira semana nós tinhamos um time de 5 pares com 4 pessoas novas, e se alguém olhasse para a sala onde trabalhávamos, veria que em cada par havia uma pessoas tentando explicar para alguém novo como o sistema funcionava.

É fácil de entender que o time na verdade tinha metade do seu potencial, e que na primeira iteração no entregamos… adivinhem quanto… metade dos pontos!

Então, se vc está pensando em aumentar o seu time, pense de novo, e depois mais uma vez, e invista um tempo olhando como o seu time trabalha antes de tomar qualquer decisão.

Ps: Esse post é uma tradução de um post originalmente publicado no meu blog: More!

Sobre o autor:

Frank Trindade

Francisco Trindade

Francisco Trindade é desenvolvedor e consultor da ThoughtWorks UK. Engenheiro de Computação e mestre em Engenharia de Software pela UFRGS, Francisco possui diversos anos de experiencia em desenvolvimento de software, alem de ser um entusiasta e praticante de metodologias ágeis.

2 thoughts on “Mais!

  1. Pingback: ADSystems » Mais!

  2. Excelente a questão abordada !!!

    Como diz um grande professor que tive, Jose Carlos Milan, da Puc-RJ : 2 mulheres não geram uma criança em 4 meses e meio !…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s