Scrum Overview

Recentemente escrevi meu artigo de conclusão de curso de sistemas de informação sobre gerenciar de forma ágil uma implantação de sistemas ERP com Scrum. Com isto resolvi postar um resumo sobre Scrum para aqueles que ainda não o conhecem.

 

Figura 01

Figura 01

1. Scrum
Scrum é um framework com conjunto de práticas objetivas, papéis bem definidos e totalmente adaptáveis, seu ciclo de vida se resume em interações e funcionalidades incrementais, é um método ágil voltado para gerenciamento de projetos. Com isso, permite um melhor acompanhamento do que está acontecendo durante o projeto, facilitando o ajuste durante o projeto e fazendo com que possamos alcançar os objetivos do projeto de forma ágil. Ou seja, Scrum não diz exatamente o que fazer, não irá resolver todos os problemas, mas com certeza os problemas serão mais facilmente identificados.

2. Ciclo do processo Scrum
O Scrum é baseado em interações bem definidas, com duração de uma a quatro semanas, também chamados de Sprint. Antes de cada Sprint é realizado todo planejamento inicial do objetivo que o cliente almeja. A partir desse momento é criado o Product Backlog, baseado na visão de negócio do cliente, com todos os requisitos a serem implementados. Depois de preparado todo Product Backlog, é realizada a primeira reunião de planejamento do Sprint, onde são selecionados os itens pelo Product Owner e o Scrum Master a serem desenvolvidos que agregarão mais valor ao negócio do cliente naquele momento e depois colocado na ordem de maior prioridade, em seguida realizamos a segunda reunião de planejamento do Sprint, onde a própria equipe estima o esforço das tarefas, faz a divisão das tarefas entre os diferentes membros e compromete-se a concluir as tarefas no final da interação e define de quanto tempo vai ser a Sprint. A partir desse momento é criado o Sprint Backlog que são as tarefas selecionadas pela equipe para ser executada na Sprint.
A próxima etapa é a execução do Sprint com base nos itens do Sprint Backlog, durante a execução as tarefas são acompanhadas por reuniões diárias que não podem passar 15 minutos e a equipe deve responder três perguntas diante dos envolvidos: O que você desenvolveu até o momento? O que você irá desenvolver? Quais impedimentos você está tendo? Com base nessas perguntas o Scrum Master consegue ter uma visão de como está o andamento do projeto, conhecendo os impedimentos que estão acontecendo.
No final da Sprint é realizada uma reunião de Revisão da Sprint, com o objetivo, de mostrar ao Product Owner e todas as partes interessadas as funcionalidades que foram concluídas. A equipe apresenta os resultados obtidos durante o Sprint e possíveis modificações nos itens do Product Backlog. Logo após é realizado outra reunião de Retrospectiva do Sprint, onde é feito uma “lavagem de roupa suja”, onde os membros da equipe devem responder duas perguntas: O que aconteceu de positivo durante esse Sprint? O que pode ser melhorado para o próximo Sprint?

Figura 02

Figura 02

3. Papéis
No Scrum temos três papéis principais: Product Owner, Scrum Master e a Equipe, abaixo a figura 2 que representa a responsabilidade que esses três papéis têm em relação ao Scrum:

3.1. Product Owner
É o dono do produto, geralmente é representado pelo o cliente. Ele é responsável por definir as características do produto a ser desenvolvido, identifica os requisitos do produto, tira dúvida da equipe quanto ao entendimento dos requisitos. É o único que define a ordem em que esses elementos serão desenvolvidos, de acordo com o valor apresentado pelos clientes e usuários de cada negócio, alimenta o Product Backlog para o planejamento da Sprints. E define as metas e toma decisões relativas Release planejamento. Uma pessoa que desempenha esse papel deve ter as seguintes competências:
– Bom conhecimento de negócio.
– Ser capaz de demonstrar uma liderança, respeitado pelos interessados externos (clientes e usuários). – Ser capaz de tomar decisões no momento certo (não muito cedo, nem muito tarde). – Flexível a mudanças. – Boa comunicação com a equipe. – É importante que ele esteja disponível para responder às perguntas da equipe.

3.2. Scrum Master
É responsável pelo andamento do projeto, pela aplicação das práticas do Scrum. Levando para o lado tradicional é o Gerente de Projeto. Durante o desenvolvimento, ele acompanha a equipe no dia a dia, retirando os impedimentos e ajudando a equipe a se auto-gerenciar, buscando melhor resultado da equipe. Para conseguir isso ele executa as seguintes tarefas:
– Tem como objetivo através das reuniões do scrum animar e motivar a equipe.
– Eliminar impedimentos, tendo em consideração os acontecimentos ocorridos em qualquer momento do projeto, a fim de resolvê-los o mais rápido possível, ao mesmo tempo proteger a equipe e priorizar o comprometimento da equipe com o projeto.
– Certifique-se de que a equipe permanece centralizada no projeto com objetivo proposto inicialmente, que é desenvolver os Itens do Backlog e estreitar colaboração com o Product Owner, e permanece produtivo.

3.3. Equipe
É composta por seus membros (desenvolvedores), que é capaz de realizar todas as diversas tarefas para as quais ele tem responsabilidade coletivamente durante cada Sprint. É capaz de determinar o que precisa ser feito para alcançar o sucesso do Sprint, a equipe deve ser capaz de executar as diferentes tarefas para as quais assume responsabilidade coletivamente durante o Planejamento do Sprint. Isto significa que devem ser de amplo conhecimento, tais como análise, projeto, codificação, testes e outras tarefas. A equipe é geralmente feita de 3 a 10 membros.

3.4. Stakeholder
São aqueles que não participam diretamente do projeto, mas podem influenciar no produto a ser desenvolvido, ou seja, não participa do desenvolvimento, mais está interessado no desenvolvimento do produto e pode ter valores que podem influenciar no crescimento do produto.

4. As práticas do Scrum (Conceitos, Artefatos e fases)

4.1. Product Backlog
A partir de uma reunião inicial com todos os envolvidos e interessados do projeto, são levantadas todas as implementações a serem desenvolvidas a partir da necessidade do negócio do cliente, contém uma lista de requisitos a serem desenvolvidos durante o projeto. É visível a todos, e regularmente atualizado. É apresentado na primeira reunião de Planejamento do Sprint, uma vez aprovado, temos os itens necessários para compor o Sprint Backlog.

4.2. Reunião de Planejamento do Sprint
A reunião de planejamento se divide em duas partes:

4.2.1. Primeira Reunião de Planejamento do Sprint
Com duração de no máximo quatro horas, o Product Owner junto com a Equipe discutem os itens do Product Backlog, são selecionadas neste momento as tarefas que tem mais prioridade para o cliente.

4.2.2. Segunda Reunião de Planejamento do Sprint
Com duração de quatro horas, a Equipe define as tarefas necessárias, estima o esforço das tarefas, a própria equipe faz a distribuição das tarefas entre os membros da equipe, o Product Owner deve está presente para esclarecimento de dúvidas e por fim a Equipe compromete-se em concluir as tarefas.

4.3. Sprint Backlog
São as tarefas que foram selecionadas na reunião de planejamento do Sprint pela Equipe junto com o Product Owner e Scrum Master, é o ponto inicial de cada Sprint.

4.4. Sprint
São pequenas séries de interações que podem ter uma duração de uma a quatro semanas, no final da interação a equipe tem que ter alcançado o objetivo inicial do Sprint, onde a equipe está focada em não como fazer, mas sim em vamos fazer. A equipe executa as tarefas compõem o Sprint Backlog. O objetivo final de cada Sprint é ter um produto incremental e funcional para o cliente. É a fase principal do Scrum, pois é nesta hora que ocorre a execução das tarefas, depois de todo o planejamento inicial. É importante que os restantes das Sprint tenham o mesmo tamanho da inicial para que não causem perda de ritmo da Equipe. É imprescindível que no primeiro Sprint alcance o sucesso, pois é um período delicado, pois as partes envolvidas e interessadas estão com expectativa muito grande em cima do resultado (produto incremental).

4.5. Reunião Diária do Sprint
Reuniões diárias que ocorre todos os dias durante a execução do Sprint, com duração em média de 15 minutos. O grande objetivo dessa reunião é que todos os envolvidos tenham conhecimento de como está o andamento do projeto e também fazer com que cada um relate os impedimentos que estão enfrentando ao executarem as suas respectivas tarefas.
O Scrum Master é o responsável pela condução da reunião, é muito importante que todos envolvidos no projeto estão participando principalmente a equipe, basicamente a equipe responde com clareza a três perguntas durante a reunião:
a. O que foi concluído desde a última reunião? (Neste momento o Scrum Master registra as tarefas que foram concluídas e as que ainda estão pendentes).
b. Quais impedimentos estão tendo durante a tarefa? (O Scrum Master registra os impedimentos relados por cada membro da equipe, e após o termino da reunião irá propor solução para os problemas citados).
c. Qual será a próxima tarefa a ser executada? (Neste momento todos ficam sabendo quais tarefas cada membro da equipe está executando).
O Scrum Master tem como objetivo nessa reunião não deixar com que a reunião perca seu foco, basicamente responder as três perguntas, ter uma visão que a equipe não perdeu o objetivo final do Sprint, e gerenciar os impedimentos que vão acontecendo durante a execução da Sprint. O ponto forma desta reunião é responder apenas as perguntas feitas pelo Scrum Master e ponto.

4.6. Produto Incremental
No final de cada Sprint há uma entrega parcial do produto. O principal resultado de um Sprint é a entrega incremental e funcional de um produto, os impedimentos para entrega dessa etapa e os novos requisitos adicionado durante o desenvolvimento deste Sprint.

4.7. Reunião de Revisão da Sprint
Esta reunião é realizada no último dia do Sprint com duração de no máximo 4 horas e de responsabilidade do Scrum Master, a Equipe não de gastar mais de uma hora na preparação da reunião. Neste momento é apresentado o resultado da Sprint que é o produto incremental com suas funcionalidades pela Equipe e o Scrum Master para Product Owner e os envolvidos do projeto (cliente). Analisaram junto se foi alcançado o objetivo inicial do Sprint, e já discutem novas funcionalidades para atualizar os itens do Product Backlog que vão sendo identificada ao final de cada Sprint.

4.8. Reunião de Revisão da Sprint
É realizada logo após a reunião de revisão do Sprint com duração de no máximo 3 horas com a participação da Equipe, Scrum Master, Product Owner e os envolvidos e interessados. Os membros da Equipe devem responder a duas perguntas?
a. O que aconteceu de bom durante o último Sprint?
b. O que pode ser melhorado para o próximo Sprint?
O Scrum Master registra as respostas e prioriza na ordem que deseja discutir as melhorias e tem como papel também facilitar ao time melhores formas de aplicar as práticas do Scrum.
Por ser uma reunião de lavagem de roupa suja, deve se ter cuidado para não levar pontos pessoais, pois podem ser fundamentais para prejudicar a aplicação das práticas do Scrum. Essa reunião é fundamental para o progresso e sucesso do projeto, é fundamental a clareza e objetividade para que os participantes alcancem o sucesso da reunião.

Sobre o Autor

Fábio Aguiar

Fábio Aguiar

Bacharel em Sistemas de Informação (IESAM), com 10 anos de experiência nos processos de desenvolvimento de sistemas e com grande vivência na área de Gestão Empresarial. Atualmente atua como Analista de Desenvolvimento, Customização e Implantação voltado para soluções de ERP, CRM e BI. Possui certificação Borland e também participa da comunidade TaSaFo – divulgando desenvolvimento ágil no Pará.

5 thoughts on “Scrum Overview

  1. Caro amigo, estou iniciando em MA e estou com algumas duvidas de como o Scrum é implementado com equipes pequenas e vários projetos acontecendo simultaneamente.

    Quando temos apenas uma projeto acontecendo para uma equipe, tudo bem, mas quando temos vários projetos alocados para a mesma equipe?

    Imagine a seguinte situação:
    Uma equipe com 4 pessoas, sendo uma dessas pessoas o Scrum Master e desenvolvedor também, e tendo, digamos, 5 ou 6 projetos em andamento simultaneamente. Para piorar, os projetos podem não ter relação entre si.

    Você tem alguma experiência ou sabe de algum caso de sucesso com a configuração acima?

    Pergunto isso porque a maior dificuldade é o gerenciamento dos múltiplos projetos com assuntos diferentes, e as divisões de tarefas, de forma a atender todos os clientes e mante-los satisfeitos, e ao mesmo tempo, manter o ritmo da equipe.

    Enfim, gostaria de ver os relatos, as dificuldades e as soluções encontradas.

    Obrigado e parabéns pelo post.

  2. Olá Renato,

    Obrigado pelo feedback sobre o post, e quanto sua pergunta, já está rolando uma discurssão muito boa na lista da visão ágil…

  3. Ola Fabio muito interessante o assunto de utilização de Scrum na implantação de um ERP. Tem como vc disponibilizar ou me enviar esse seu trabalho de conclusão de curso. Fiquei curioso.

    Abraços e parabéns

  4. Ola, Fabio. Sou Ger. Projetos de um ERP para mercado PME e achei fantastica a utilizacao do Scrum para implementacao de ERP’s. Se possivel, gostaria de ter acesso a esse seu trabalho, para fins de pesquisa.

    Poderia me enviar?

    Abs,

    Antonio Melo
    Quintec Brasil

  5. Ola, Fabio. Vc conseguiu agucar a minha curiosidade sobre como utilizou o Scrum na implantação do ERP. Eh possivel encaminhar o seu trabalho para meu email?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s